Direitos

Conta Inativa do FGTS: saiba se você tem direito ao saque

O saque de contas inativas do FGTS ainda pode ser feito no saque-aniversário ou emergencial.

Com o objetivo de movimentar a economia do país, em 2016 o governo federal liberou o saque de contas inativas do FGTS, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Hoje, em 2020, esse tipo de saque ainda pode ser feito pelo saque-aniversário, e também pelo saque emergencial.

Como funciona o saque de contas inativas do FGTS em 2020

Quem tem contas inativas do FGTS pode utilizar o saque-aniversário ou o saque emergencial para conseguir ter acesso aos valores que estão no fundo. Para isso, entenda melhor como funciona cada modalidade de saque e entenda como você pode aderir a elas.

No saque-aniversário, o trabalhador que tem conta ativa ou inativa pode sacar determinado valor da sua conta do FGTS no mês do seu aniversário.

Porém, caso este saque seja escolhido, o cidadão perde o direito de sacar o saldo disponível do fundo quando for demitido sem justa causa. Ainda assim, ele recebe a multa dos 40%.

Os valores que podem ser sacados dependem do saldo total do fundo e obedecem uma tabela específica.

O saque emergencial foi liberado em abril de 2020, em meio à pandemia do novo coronavírus. A medida envolve os titulares de contas ativas e inativas e visa ajudar financeiramente a população.

O valor que pode ser sacado é o equivalente ao salário mínimo vigente. O dinheiro irá para uma conta poupança digital, criada gratuitamente pela Caixa, e pode ser movimentado na própria conta ou transferido para outras contas.

Assim como o saque-aniversário, essa modalidade de saque também tem um calendário específico.

0